Eis a Meta

O Espiritismo é a bandeira da temperança, tremulando aos ventos irrefreáveis da Eternidade.

Ação espírita – eis a meta.
Age no bem e o eco do exemplo ampliar-te-á o verbo da generosidade…
Procura a originalidade construtiva…
Teoria e projeto são sim-plesmente os apelidos… da esterilidade espiritual.
COMO AGIR?
– estenda o pensamento renovador rumo às inteligências que desceram ao primitivismo animal.
– estenda o tapete da alegria nos caminhos que o pessimismo escureceu de lágrimas.
– distribua a água cristalina do Evangelho com quem traga invisíveis braseiros no coração.
– encoraja os fracos que se arrastam temerosos até mesmo do ingênuo ruído dos pés.
– acenda a luz da oração para os cérebros proclamam saber tudo e tudo esquecem.

675. Só devemos entender por trabalho as ocupações materiais?
– Não; o Espírito também trabalha, como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho.

“Isso equivale a dizer que as Leis de Deus estão invariavelmente prontas a efetuarem o máximo em nosso favor, entretanto, nada conseguirão realizar por nós, se não dermos de nós pelo menos o mínimo”. Emmanuel

”As molduras dos teus não são apenas as horas e os lugares que te circundam a presença, mas os mil olhos dos companheiros que ombreiam contigo as lições que recebes através das lides e experiências dos dois planos”.

“Quando todos os braços valorosos, em grande maioria hoje inertes, se entregarem confiantes ao serviço do amor puro entre os homens, a dor desaparecerá deste mundo, que se converterá em refúgio estelar”.

“Porque aquele que pede re-cebe; e, ao que busca, encon-tra; e, ao que bate, se abre.” – Jesus – Mateus, 7:8.

“… desta maneira, serás filho das tuas obras, terás delas o mérito e serás recompensado de acordo com o que hajas feito”.– ESE Cap. XXV, 3.

Claudino Dias,
Seareiros de Volta, pág. 82 e 83.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *